Soluções digitais na agricultura são necessárias?

Soluções digitais na agricultura são necessárias?

Consegue imaginar sua vida sem Internet? E sem smartphones ou telefone celular? Mais do que gadgets e aparelhos com belo design, a tecnologia implica mudanças em nossa rotina, nos nossos relacionamentos e também no nosso modo de trabalhar. Basta pensar se seria possível o home office, durante a pandemia, sem ferramentas tecnológicas, como notebooks e câmeras, aplicativos e internet de alta velocidade.

No campo, isso não é diferente. Décadas atrás, a adoção de novas tecnologias trouxe avanços à agricultura brasileira, possibilitando que o país se tornasse um dos maiores produtores de alimentos e grãos do mundo. Devido à tecnologia, em quarenta anos, a produção de grãos e fibras deu um salto, crescendo 326%, enquanto a área cultivável cresceu 54%. Confira no vídeo abaixo:

De acordo com o Diretor de Agricultura Digital da Syngenta no Brasil, Ronaldo Giorgi, essa jornada digital começou pelos grandes grupos, como usinas de cana-de-açúcar e os cotonicultores, que eram mais tecnificados. Hoje, ferramentas digitais já estão sendo adotadas amplamente por produtores de todo o país.

Um levantamento da McKinsey & Company, realizado no início de 2020 com 750 produtores em onze Estados, mostra que o produtor brasileiro já tem um nível de compras digitais superior ao dos Estados Unidos: 36% versus 24%. São soluções que incorporam tecnologias de ponta, como inteligência artificial, IoT (internet das coisas), imagens geradas por satélites, aviões e drones, e também a mobilidade demandada pelos produtores, por meio de celulares e tablets.

Atualmente, é possível utilizar soluções digitais do pré-plantio à colheita, aliando-as às boas práticas agrícolas e de sustentabilidade por propriedades de todos os portes, com o adendo de novas tecnologias, como os sistemas de precisão para monitoramento de lavoura, soluções de imageamento para verificar a saúde dos talhões, ferramentas para melhor gestão financeira e até o maquinário — com plantadeiras e colheitadeiras que possuem ferramentas digitais integradas.


Monitoramento da lavoura com soluções digitais

Nos monitoramentos do campo, a tecnologia tem se mostrado a grande parceira do produtor, mesmo quando a internet não está disponível. No pré-plantio, por exemplo, fazer a amostragem de solo para análise de fertilidade permite descobrir em quais regiões a adubação se faz necessária, diagnosticar nematóides e realizar a amostragem de ervas daninhas para dessecação. No plantio, é possível evitar falhas e garantir uma lavoura uniforme, devido a dados como: profundidade de plantio e população de sementes, além de informar a porcentagem de plantas falhas e duplas, desvio padrão e contagem de estande.

Já durante o crescimento, a precisão dos softwares de monitoramento ajuda o produtor no dia a dia da lavoura, apontando a hora e a dose certa de realizar as aplicações e ainda a descobrir o comportamento geográfico das pragas, com coletas georreferenciadas e acompanhamento contínuo, evitando gastos desnecessários e deixando a lavoura mais sustentável.

Na fase de pré-colheita, é possível estimar a produtividade e até mesmo verificar a qualidade dos grãos. Já os relatórios da fase de colheita mostram as perdas e produtividade final, deixando o produtor com um controle maior de sua propriedade e com informações assertivas e organizadas para tomar decisões rapidamente.

A tecnologia quando aplicada ao campo realiza uma transformação profunda. Uma verdadeira transformação digital. Saiba como neste vídeo:

Syngenta Digital

Nós, da Syngenta, fazemos parte desta evolução. Adquirimos quatro startups ao redor do mundo que, em junho de 2020, foram incorporadas à Syngenta Digital, nossa nova estrutura global de negócios, que agrega tecnologias modernas, soluções digitais e serviços para a gestão de lavouras.

“As tecnologias e serviços digitais são parte indissociável do DNA da Syngenta que, ao longo dos anos, tem investido fortemente na expansão de soluções cada vez mais inteligentes e orientadas para as distintas necessidades de agricultores ao redor do mundo.”
Greg Meyers, Head Global de Agricultura Digital na Syngenta

Por meio de nosso Cropwise Protector, ajudamos mais de 1.100 produtores brasileiros, de todos os portes, a coletar dados, transformá-los em diagnósticos, a melhorar a gestão de suas lavouras e, assim, cooperar para a sustentabilidade da agricultura brasileira. São mais de 3 milhões de hectares monitorados por meio de:

Acesse os links e saiba mais sobre nossas soluções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *