Quantos fios têm no seu tecido?

Quantos fios têm no seu tecido?

Imagine a situação: você vai a uma loja especializada em cama, mesa e banho para renovar o enxoval de casa. No setor de roupas de cama você percebe que existem lençóis de algodão de 100, 200, 400 e até 1000 fios. Faz alguma diferença a quantidade de fios? Sabe o porquê disso? E como eles contam os fios de algodão? Nós explicamos!

Antes de tudo, é importante saber que a origem do algodão é fundamental para o processo de composição de um tecido. Ele deve ter fibras longas, pois isso favorecerá a construção de fios com menor torção. O melhor algodão que existe é o egípcio. Isso por que o Egito tem condições de umidade de ar, pH, solo e temperatura ideais para o cultivo de fibras longas.

Após sua colheita, o algodão é levado para o processo de ‘descaroçamento’, que separa as fibras da semente. Depois desse procedimento, fardos de algodão são levados para indústria têxtil, que irá tratar o algodão e transformá-lo em tecidos.

E é aí que entra a questão de como a quantidade de fios está ligada à qualidade. Esta numeração é inversamente proporcional à espessura dos fios: quanto maior o número, mais fino o fio, proporcionando mais maciez e conforto.

 

E como medimos isso? A quantidade de fios é determinada pela polegada quadrada, isto é, o número de fios em um quadrado com lados de 2,54 cm. Hoje, existem tecidos de até 1250 fios! Esse tipo é tão fino e macio que parece uma seda! Especialistas dizem que tecidos acima de 200 fios já têm uma qualidade superior. Mas é claro, quanto maior o número de fios, mais caro ele custará.

O Brasil é um importante produtor no mercado do algodão. Somos o terceiro no mundo que mais exporta e o 5º maior consumidor do planeta, com quase de 1 milhão de toneladas por ano. Para se ter uma ideia, nossas indústrias têxteis consomem cerca de 70% da produção interna.

Agora, na hora de comprar seu tecido você vai entender tudo que está na embalagem, inclusive o motivo de alguns serem mais caros ou baratos. Bom sono e bons sonhos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *