Protegendo as maçãs e as peras

Protegendo as maçãs e as peras

Cydia pomonella é uma mariposa extremamente conhecida internacionalmente. É a praga que causa os maiores danos e prejuízos em plantações de maçã e pera ao redor do mundo. Apesar de atualmente ser considerada erradicada no Brasil, seu nome popular aqui no País é mariposa-da-maçã.

É durante a fase larval que esta pequena mariposa faz o maior estrago. Elas costumam penetrar nessas frutas, se alimentando de sua polpa até alcançarem as sementes. Os frutos atacados são facilmente identificados, uma vez que apresentam excrementos característicos em volta dos orifícios criados. O resultado dessa invasão é o apodrecimento e a queda precoce desses frutos.

Caso não sejam adotadas medidas de contenção, essas lagartas podem fazer um grande estrago. Estima-se que os prejuízos, nestas condições, podem chegar a 80% nas maçãs e 40% nas peras.

No Brasil a situação é mais confortável. Desde 2014 essa praga é considerada erradicada, constando na lista de pragas quarentenárias ausentes do Brasil. Ainda assim precisamos ficar atentos, alguns países vizinhos, como a Argentina, ainda sofrem com esta mariposa.

Nas regiões ainda afetadas nesses países, uma das formas mais efetivas de combate é por meio do uso de inseticidas.

Ah! E caso você tenha pensado… Sim, a mariposa-da-maçã é o famoso bicho da maçã! Você já ouviu falar dela?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *