Lavoura Limpa

Lavoura Limpa

Todos nós sabemos que as ervas daninhas podem causar prejuízos para os produtores, mas você faz ideia do real tamanho desse estrago? Estamos falando de perdas de produtividade que podem chegar a até 80% da safra, em certos casos.

A Syngenta, sabendo disso, e sabendo da resistência de algumas plantas a determinados tipos de produtos, desenvolveu e lançou* o programa Lavoura Limpa, voltado para o manejo correto desse tipo de plantas, principalmente em lavouras de soja.

Atualmente, cerca de 15 milhões de hectares estão infestados com ervas e gramíneas que, recentemente, desenvolveram resistência ao glifosato, principal solução utilizada para o controle das ervas daninhas aqui no Brasil. As principais plantas desse gênero, como buva, amargoso, azevém, capim-pé-de-galinha e caruru, dividem o espaço e consomem parte dos nutrientes necessários para as lavouras se desenvolverem. Fato que pode gerar grandes prejuízos para os produtores. E se ainda não assistiu, veja aqui o vídeo que fizemos sobre as ervas daninhas.

A solução, por meio do programa Lavoura Limpa, foi desenvolver um manejo de plantas resistentes que combina diferentes produtos, em momentos diferentes da cultura. O programa conta com uma equipe dedicada no campo (time Lavoura Limpa) e um website com informações relevantes para combater essas daninhas de difícil controle: o lavouralimpa.com.br

Os resultados desse processo estão alinhados a um dos principais compromissos assumidos pelo nosso Plano de Agricultura Sustentável, The Good Growth Plan, de aumentar em até 20% a produtividade média das principais culturas do mundo sem usar mais terra, água ou insumos. Quer saber mais sobre o progresso desta e das outras metas desse Plano? Clique aqui.

*Programa lançado no Congresso de Ervas Daninhas, realizado de 22 a 26 de agosto, em Curitiba, e organizado pela Sociedade Brasileira de Plantas Daninhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *