“Hoje eu durmo cedo”: Por que a cenoura é laranja?

“Hoje eu durmo cedo”: Por que a cenoura é laranja?

Da próxima vez que for passar pela feira ou supermercado, observe as cenouras com um pouco mais de atenção. Com sorte e um olhar atento, há chances de que você encontre pequenas manchas roxas em algumas delas. Mas você deve estar se perguntando o motivo, certo?

As manchas roxas são pequenos indícios de que as cenouras mais antigas e “originais”, tinham essa cor. As que conhecemos hoje podem ser consideradas, de certa forma, “cenouras mutantes”. Mas antes que você pense que elas fazem parte dos “xismen”, nós te explicamos que isso é apenas resultado de cruzamentos de outros dois tipos de cenoura que sofreram alterações naturalmente.

A laranja, conhecida atualmente, passou a ser cultivada apenas no final do século 16 e, antes disso, há evidências de que os fazendeiros plantavam apenas cenouras roxas – embora pudessem ser surpreendidos por alguns vegetais mutantes que tinham cor branca ou amarela de vez em quando.  Acredita-se que esses fazendeiros foram os verdadeiros responsáveis pela mudança da cor das cenouras, e isso aconteceu graças à combinação das que eram brancas e amarelas. Além disso, a cenoura “mutante” que surgiu dessa combinação também era levemente mais adocicada e possuía mais polpa.

Quanto à sua popularização, há algumas teorias. Entre elas, algumas pessoas acreditam que a explicação para as cenouras laranjas terem ficado tão conhecidas, é a associação ao emblema da Holanda, sendo ligadas à luta pela independência do país. Outras pessoas acreditam que elas ficaram mais conhecidas graças ao seu sabor e tamanho.

Atualmente, as cenouras laranjas são conhecidas no mundo todo e fazem parte de muuuitas receitas, além de serem muito saudáveis e saborosas! E agora, caro leitor, você tem uma nova curiosidade para contar por aí. 😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *