Frutas Exóticas e seus Benefícios

Frutas Exóticas e seus Benefícios

O Brasil é um país rico em variedade de frutas. Muitas delas, com a Biribá, a Feijoa e o Jatobá são pouco conhecidas do grande público, já que algumas delas são regionalizadas, o que dificulta a popularização. Outros casos, como o Cupuaçu e a Graviola, ganharam espaço no coração e no paladar dos brasileiros nos últimos anos.

Mas você sabia que, além de saborosas, estas frutas são super nutritivas e podem complementar nossa alimentação?

Preparamos um artigo com algumas frutas exóticas, que podem integrar sua lista de compras e levar muito mais saúde e variedade à sua mesa.

 

Biribá

O biribá é uma fruta de sabor marcante, doce e agradável, nativa da região Amazônica. Mais consumida in natura, ela também pode ser usada em saladas, doces, sorvetes e mais. É rica em vitamina C, potássio, cálcio, ferro e fibras, o que a torna uma boa aliada de uma dieta saudável.

Biribá
Biribá – Fruta nativa da região Amazônica.

 

Feijoa

Feijoa é um fruto procedente da goiabeira-serrana. De nome científico Acca sellowiana, pertence à família da Myrtaceae. É composta por vitamina C, iodo, vitamina E, vitaminas do complexo B, magnésio, fósforo, potássio e cálcio. Tais nutrientes a qualificam como alimento benéfico para o fortalecimento do sistema imunológico e dos ossos. Além disso, a feijoa combate ao envelhecimento precoce e atua na prevenção contra o desenvolvimento de doenças crônicas.

 

Seriguela

A seriguela, também conhecida como ciriguela, cajá vermelho, ciruela, jocote ou ciruela mexicana, é uma fruta fonte de fibras que diminuem a velocidade de absorção do açúcar dos alimentos, ajudando a controlar os níveis de glicose no sangue, prevenindo a resistência à insulina e a diabetes.

 

Graviola

A graviola, conhecida também como jaca-do-Pará ou jaca-de-pobre, é uma fruta fonte de fibras que diminuem a velocidade de absorção dos alimentos, promovendo o controle dos níveis de açúcar no sangue, ajudando a evitar a resistência à insulina e a diabetes. Além disso, atua no controle da glicose em pessoas que têm a doença.

Graviola
Graviola – Fruta encontrada principalmente na região nordeste do Brasil.

Jatobá

O jatobá é uma árvore, de nome científico Hymenaea courbaril, que possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antiespasmódicas e expectorantes, que podem ser usadas para ajudar no tratamento de feridas, dor de estômago, diarreia, inflamação na garganta, dores generalizadas ou bronquite.

 

Juá

Uma planta amplamente conhecida no Nordeste, o juazeiro é responsável por fornecer o fruto juá, que possui diferentes usos na região, seja para a alimentação humana ou de animais durante a seca.

O juá pode também ser utilizado de forma medicinal, visto que suas propriedades antibacterianas são bem conhecidas pelo povo. O juazeiro desempenha importante papel econômico na região, já que a sua madeira de alta qualidade é utilizada na indústria moveleira e para produzir carvão.

 

Cambuci

Cambuci é uma fruta nativa da Mata Atlântica, fonte de antioxidantes, vitaminas, lipídios, carboidratos, proteínas, fibras e sais minerais. Rica em ácido ascórbico, popularmente conhecido como vitamina C, ela proporciona diversos benefícios à saúde, fortalecendo o sistema imunológico, controlando o açúcar no sangue e combatendo os radicais livres que causam doenças e envelhecimento precoce.

 

Cupuaçu

O cupuaçu é uma fruta nativa da Amazônia e muito conhecida pelos índios da região que, além de o apreciarem para consumo, utilizam-no por suas propriedades curativas. O cupuaçu contém vitamina C, que tem alto potencial antioxidante, ou seja, protege as células dos efeitos dos radicais livres e, portanto, previne o envelhecimento das células e oferece suporte ao sistema imunológico.

Cupuaçu
Cupuaçu – Fruta nativa da região Amazônica.

Conhece mais alguma fruta exótica e cheia de nutrientes? Conta para a gente nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *