Quais as diferenças entre sementes híbridas e transgênicas?

Quais as diferenças entre sementes híbridas e transgênicas?

Melancia sem sementes, milho que resiste a doenças, hortaliças que não sucumbem a pragas. Estamos falando de alimentos transgênicos, certo? Errado. Muitas pessoas associam o termo melhoramento genético a transgênicos. Mas nem todo melhoramento é transgênico. Os exemplos que demos – de fruta, grão e verdura – são de alimentos que vieram de sementes híbridas. Mas, afinal, o que são as sementes híbridas?

Antes de respondermos a essa pergunta, precisamos relembrar que o homem pratica o melhoramento genético há muitos séculos. Ao perceber que as sementes de plantas mais fortes geravam plantas mais vigorosas, os agricultores criaram o hábito de guardar as melhores sementes do  ano para plantar no próximo. E, de forma não intencional, acabaram causando melhoramentos em suas sementes, fazendo com que elas se tornassem mais adaptadas àquela região e resistentes às doenças locais. Essas são as sementes crioulas ou sementes tradicionais e é possível encontrá-las, por exemplo, em bancos de sementes.

Sementes híbridas: o que são?

As sementes híbridas são aquelas geradas a partir do cruzamento entre duas plantas puras, de forma intencional.  Esse cruzamento resulta em plantas mais vigorosas . Esse vigor da nova planta pode se expressar, por exemplo, por meio de plantas mais uniformes, mais produtivas, que produzam frutos mais rapidamente,  que sejam mais resistentes a pragas e doenças ou a fatores externos, como o déficit hídrico, fazendo com que aquela planta precise de menos água para crescer ou sofra menos com a seca. Um híbrido é alcançado quando as características desejadas estão presentes naquela semente.

 

Híbridos Syngenta

É possível encontrar sementes híbridas da Syngenta para diversas culturas, tanto de grãos, quanto de hortaliças. O tomate Dylla, por exemplo, tem sementes mais resistentes à mosca-branca, ao tripes e à doença vira-cabeça do tomateiro, que comprometem seriamente as plantações desta cultura. E, também, dá frutos maiores e mais uniformes.

Já o híbrido Mavunor, da Syngenta, é um repolho resistente à bactéria causadora da podridão negra, que pode trazer perdas de até 100% da lavoura. E ele ainda é precoce, podendo ser colhido uma semana antes do que os repolhos considerados padrões. Essa característica traz economia ao agricultor, que acaba por gastar menos insumos.

Também existem sementes híbridas de grãos, como o milho, produzidas pelas Syngenta Seeds. Quando o agricultor opta por um híbrido de milho, por exemplo, que tenha precocidade, minimiza os riscos de ter a lavoura sofrendo com o clima adverso. E também garante uma semente que vai se adequar melhor à região de plantio e render melhor  produtividade, a depender das características locais

E o que são sementes transgênicas?

Um transgênico ou organismo geneticamente modificado (OGM) é aquele que recebeu um gene de outro organismo. Por exemplo, retira-se um gene resistente a uma praga de um organismo para ser inserido no DNA de uma cultura de interesse – como o milho, por exemplo. Dessa forma, a semente desse milho terá essa informação adicional em seu DNA, se tornando um milho resistente àquela determinada praga. Entenda melhor nessa animação:

[VÍDEO: https://youtu.be/WdRXpgjwZ_Y]

Os alimentos transgênicos existem há quase 30 anos. O primeiro OGM, um tomate com maior durabilidade, foi desenvolvido na Califórnia, Estados Unidos, em 1994. Na agricultura, a engenharia genética e a biotecnologia são tecnologias utilizadas para o melhoramento de plantas. Elas  representam uma evolução das técnicas de melhoramento genético. São mais precisas do que o melhoramento convencional, aquele que aconteceria na natureza. E também mais rápidas, já que uma mutação demoraria anos ou gerações para ser  alcançada na natureza. Por isso, acabam sendo instrumentos muito importantes para a agricultura (entenda nesta entrevista).

 

 

Resumindo!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *