Desvendando o mistério! Qual a diferença entre fruta, legume e verdura?

Desvendando o mistério! Qual a diferença entre fruta, legume e verdura?

Você já pensou: “Nossa, será que o tomate é uma fruta, um legume ou uma verdura?”. Bem, se você já se pegou nesse dilema, não se envergonhe! Essa é uma dúvida bem normal. Na realidade, é bem complicado classificar alguns alimentos nessas categorias. Por isso, vamos tentar explicar como tudo funciona.

Segundo a Botânica, frutos são todos os alimentos produzidos pelas plantas angiospermas (aquelas que apresentam flores e frutos). São responsáveis por proteger as sementes enquanto amadurecem e depois disseminá-las. Até aqui parece simples, mas o problema é que frutos são diferentes de frutas! Tanto frutas, como a laranja e a uva, quanto legumes, como a berinjela e o tomate, são frutos.

Mas então, qual é a diferença? Você deve estar se perguntando.

Para facilitar a distinção foi estabelecido que frutas, no geral, são doces, enquanto os legumes são salgados ou, pelo menos, não doces. Simples assim! Portanto, podemos considerar, segundo essa classificação, que o tomate é um legume, apesar de também ser um fruto! Ainda há, dentro da categoria das leguminosas, subcategorias, como raízes e grãos, mas que acabam sendo legumes também.

Ok, mas e as verduras?

Essa é mais fácil de definir! Verduras são hortaliças ou, mais especificamente, folhagens comestíveis, como alface, rúcula e couve. Ser verde e não possuir sementes é quase uma garantia de identificar as verduras.

Agora que vocês entenderam a ideia, proponho um jogo: que tal adivinharem o que é cada um dos alimentos a seguir?
#Morango
#Feijão
#Chuchu
#Jaca

Comentários

Comentários

um comentário

  1. A mistura única de vitaminas, minerais e carboidratos e baixo índice glicêmico em bananas fez dela uma fruta favorita entre os atletas de resistência. Sua fácil portabilidade, baixo custo e bom gosto também ajudam a apoiar a sua popularidade neste grupo exclusivo.

    Um estudo de 2012 com ciclistas de distância descobriu que comer o equivalente a cerca de metade de uma banana a cada 15 minutos de uma corrida de três horas era muito bom para manter os níveis de energia constante como beber uma quantidade equivalente de carboidratos e minerais de uma bebida esportiva processada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 5 = 1