Consumo adequado de frutas e legumes

Consumo adequado de frutas e legumes

“Consumo de frutas no Brasil está abaixo do recomendado pela OMS”

Com o crescimento constante do consumo de alimentos processados, já passou pela sua cabeça se os brasileiros consomem a quantidade indicada de frutas e legumes por dia? Segundo a pesquisa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a resposta é negativa. O estudo apontou que apenas 18,2% dos brasileiros ingerem a quantidade recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e, além disso, as pessoas gastam, em média, apenas 6,2% de sua renda na compra de frutas, legumes e verduras.

Esses dados são irônicos, de certa forma, pois o Brasil é o terceiro maior produtor de frutas do mundo, segundo o estudo da CNA. Então, fica claro que o hábito de consumir frutas e legumes é extremamente pequeno. Essa pesquisa foi realizada com aproximadamente 1.420 pessoas de diferentes níveis de escolaridade, classes sociais e regiões do país.

O presidente da CNA, Carlos Prado, acredita que esses dados podem ajudar nas próximas ações da entidade, abrindo espaço para um debate maior e necessário acerca do assunto.

Os brasileiros têm o hábito de consumir em maior quantidade a conhecida combinação de arroz, feijão e carne – uma junção calórica e com baixo teor nutritivo – o que é bem preocupante. Além desses três elementos, pesquisas feitas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o café também é bastante consumido por aqui.

A preocupação da OMS é justamente a queda cada vez mais crescente de alimentos que não sejam saudáveis e nutritivos. Consequentemente, contribuem para que a saúde das pessoas esteja em risco.

E nesse Dia Mundial da Alimentação, aproveitamos para relembrar como é indispensável manter uma alimentação equilibrada, incluindo o consumo de frutas e legumes. Lembrando também da importância de consultar um profissional da nutrição para acompanhamentos mais específicos na alimentação!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *