Batata, a queridinha dos brasileiros

Batata, a queridinha dos brasileiros

A batata é um dos vegetais mais populares do mundo e o quarto mais consumido. Começou a ser cultivada na região andina há cerca de 8 mil anos, com o posterior aperfeiçoamento dos incas. Os espanhóis introduziram a espécie na Europa, mas por muito tempo, foi desprezada pelos europeus, até que em 1769, um francês chamado Augustin Parmentier descobriu seus valores nutritivos e, só a partir daí, ela passou a ser mais consumida e ficou conhecida no mundo todo.

No Brasil, é a hortaliça mais importante, com uma produção anual de aproximadamente 3,5 milhões de toneladas em uma área de cerca de 130 mil hectares. Segundo a ABBA (Associação Brasileira da Batata), o agronegócio da batata tem em torno de 5 mil produtores em 30 regiões de sete estados brasileiros (MG, SP, PR, RS, SC, GO e BA).

A maior parte dessa produção é consumida in natura, sendo somente 10% destinados ao processamento industrial, nas formas de pré-frita congelada, chips e batata palha. O que não falta são opções, não é mesmo? Os hábitos de consumo dos brasileiros giram muito em torno da alimentação fora de casa por conta da rotina, então, isso significa que o preparo da batata, por ser rápido, é um dos mais utilizados por aqui.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a produtividade aqui no Brasil aumentou aproximadamente 28% nos últimos dez anos. Isso aconteceu por conta da melhoria de técnicas de cultivo utilizadas pelos produtores.

Rica em ácidos complexos, aminoácidos e vitamina B, a batata tem uma enorme importância para manter o nosso sistema nervoso ativo. Existem cerca de 100 variedades do vegetal, variando em tamanho, forma, cor, sabor e teor de amido. Também possuem classificações: madura (as de grandes dimensões) e nova (colhidas antes da maturidade, que são menores).

No Brasil, estamos mais acostumados com dois tipos delas: a inglesa e a doce. Ambas podem ser combinadas com uma infinidade de receitas, sendo elas o prato principal ou o acompanhamento.

E aí, quais receitas você mais gosta de preparar com elas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *