Bananapocalipse: a corrida para salvar essa fruta tão popular da contaminação

Bananapocalipse: a corrida para salvar essa fruta tão popular da contaminação

A banana, fruta tão adorada e consumida em todo o mundo, está em perigo! A banana Cavendish (banana nanica) pode ter seu estoque nos mercados comprometido por conta de uma infestação inesperada. Apesar de muito perigoso, podemos ficar um pouco mais tranquilos, porque já temos um grupo de especialistas buscando soluções para o problema. Ao redor do globo, cientistas já estão começando experimentos que podem determinar o futuro da banana.

Apesar de esse problema estar prestes a chegar à América do Sul somente agora, essa praga vem se alastrando desde a década passada, quando um fungo conhecido como fusarium wilt infectou dezenas de milhares de acres das plantações de banana Cavendish, nas regiões da Austrália e sudeste da Ásia. E não para por aí! Recentemente, o fungo tomou conta também de alguns lugares da África e do Oriente Médio, aproveitando-se de botas de trabalhadores agrícolas para alcançar ainda mais espaço nas plantações. E aqui fica nossa preocupação: segundo cientistas, a América Latina parece ser a próxima. Sim, o Brasil está em risco. Como se não fosse suficiente, vale ressaltar que essa região latino-americana ameaçada é a atual responsável por grande parte das bananas consumidas nos Estados Unidos.

Uma pequena mutação genética causada pelo fungo nas plantas Cavendish pode mudar todo comércio e produção da banana ao redor do globo, trazendo mais instabilidade. Isso porque mais de 99% das bananas exportadas mundialmente têm origem Cavendish. E nenhuma outra variedade de banana consegue combinar a doçura e adequação para consumo como ela. Se esse problema não for solucionado logo, pode ser o fim da nossa tão adorada fruta. Mas podem acalmar-se! Os experimentos dos cientistas trazem para nós um pouquinho de esperança!

Alguns pesquisadores da Universidade de Tecnologia de Queensland conseguiram achar um gene nas bananas do Sudeste Asiático, que é capaz de ativar naturalmente a resistência nas bananas de origem Cavendish. Com isso, eles já criaram uma linha de bananas que consegue resistir às doenças por três anos. Essa seria a grande salvação para a fruta, que não perderia gosto, textura e nem outra característica que possa atrapalhar seu comércio e produção ao redor do mundo.

De fato, é uma preocupação internacional, porque ninguém quer a extinção da nossa tão adorada banana, não é mesmo? Venha o que vier, nosso exército está pronto!

Comentários

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 4 = 5